Apresentação «Vísceras da Mente» de Antonino Ferro

Convite com entrada livre – Apresentação «Vísceras da Mente» de Antonino Ferro

Esta obra, se por um lado continua a desenvolver as temáticas-chave do autor, como por exemplo o conceito de campo analítico, por outro lado amplia as fronteiras do onírico. Segundo Antonino Ferro o onírico, além de estar presente na vida quando estamos acordados, preenche de si toda a sessão analítica, até se tornar o seu ponto fulcral . A sessão é sonho, ou seja, analista e paciente põem de lado qualquer estatuto realístico no que ganha forma durante a sessão em favor de um sonho partilhado que transforma os sintomas numa rede narrativa. Os factores de recuperação são descritos como sendo o desenvolvimento de novas capacidades de conter uma sensorialidade que é progressivamente transformada em imagens e capacidades de narração. São tidas em consideração temáticas habitualmente ignoradas, como as rupturas de setting, os disfuncionamentos da mente do analista e as consequências que podem ter sobre a terapia.

Também são abordados outros assuntos: a verdade emotiva tolerável por parte de paciente e analista, a mentira como via de salvação às vezes necessária, as supervisões. Mas, como sempre, conceitos e teorias são esclarecidos através do uso de material clínico e o leitor faz parte na primeira pessoa do que acontece na sala de análise, sem cortinas que amiúde ganham a forma de teorizações intricadas.

 

Antonino Ferro, membro efetivo da Associação Psicanalítica Americana e da Associação Psicanalítica Internacional, é, desde Março de 2013, presidente da Sociedade Psicanalítica Italiana (SPI). Publicou, entre outros, os livros Técnica e criatividade (2006), Evitar as emoções, viver as emoções (2007) e Tormentos de almas (2010), todos eles traduzidos em diversas línguas.